segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Mel de Montanha

Alô!
Quem gosta de mel que se acuse! Porque o post que venho aqui escrever tem tudo a ver com isso. Quem não gosta aconselho que leia na mesma porque vão ficar surpreendidos de certeza!
Vou ser-vos desde já muito sincera, mel não é para mim ou não era até ter provado este que vos vou mostrar de seguida. Para mim são muito doces, tem um sabor amargo e não sabia muito bem que utilidade lhes dar.
Até que o senhor Henrique Abreu, apicultor de profissão me lançou o desafio de provar os diferentes tipos de mel que as suas abelhinhas produzem. Confesso que fiquei de pé atrás e fui sincera explicando que não gosto de mel e que a opinião que iria dar seria a mais sincera possível, o senhor Henrique muito prontamente disse que sim que a ideia era essa (já aí deu para perceber que tem plena confiança nos seus produtos e nas suas abelhinhas), mesmo sabendo que mel não é (ou era?!) a minha praia aceitei o desafio.
Neste sentido o senhor Henrique enviou-me gentilmente duas amostras de mel: uma mais escura com predominância de urze e outra mais clara com predominância de rosmaninho.



Chegadas as amostras, provei e tenho a dizer duas coisas:
1- O mais escuro tal como outros meís que provei, pessoalmente (e eu sou suspeita porque não gosto de mel), não fiquei fã, mas para quem aprecia mel de certeza que vai adorar.

2- O mais claro: ADOREIII! Sim leram bem! Eu, Desastrada que odeia mel, me confesso, adorei este mel que tem predominância de rosmaninho. É tudo de bom! É doce sem ser em demasia, não tem aquele amargo que odeio no mel, tem um sabor óptimo e até aposto que fica maravilhosamente num bolo ou em panquecas (Irei experimentar mais tarde e logo vos direi).

Portanto meus lindos, se como eu não são (ou não eram) apreciadores de mel, recomendo vivamente que experimentem este mais clarinho, aliás ou mesmo os dois nunca se sabe, pois gostos não se discutem. Mas experimentem porque tenho a certeza que vão adorar! Eu estou rendida!
Aos que adoram mel: do que estão à espera?

Obrigada ao senhor Henrique Abreu pelas amostras e por pela primeira vez na minha vida me fazer gostar de mel. 
Podem visitar o facebook do senhor Henrique aqui ou a página dele aqui, onde poderão fazer as vossas encomendas caso pretendam. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixem opiniões, sugestões ou outros. A gerência agradece:)